(11) 3135-5000

(21) 3175-3600

STFC, SCM e ISP – você sabe a diferença entre os tipos de operadoras?

Quando o assunto é telecomunicações, existem diversos tipos operadoras. Conhecer muito bem cada uma delas e quais serviços oferecem é fundamental para fazer a escolha certa na hora de implantar uma rede corporativa. É importante trabalhar lado a lado com uma operadora que informe sobre as mudanças ocorridas nesse mercado e aponte as melhores soluções à empresa, suprindo necessidades dos usuários e gerando mais economia aos negócios.

No Brasil, os tipos de operadoras são: STFC, Serviço de Telefonia Fixa Comutado; o SCM, Serviço de Comunicação Multimídia; e o ISP (Internet Service Provider). As concessões para atuação das operadoras em cada uma dessas áreas são definidas pela ANATEL, Agência Nacional de Telecomunicações. Vinculada ao Governo Federal, a função da agência é atuar como reguladora e definir resoluções que dão diretrizes ao setor de telefonia.

O Serviço de Telefonia Fixa Comutado (STFC) é prestado por concessionárias, empresas espelhos ou até por operadoras de telefonia. Suas ofertas incluem: Serviço fixo local, prestado por uma operadora que possui uma central local e uma rede de acesso, na qual o terminal fixo do assinante está conectado para realizar as chamadas – em geral, a área de cobertura corresponde às localidades de um município; Serviço fixo de longa distância, usado para realizar a comunicação entre dois terminais fixos situados em áreas diferentes do território nacional; e Serviço fixo de longa distância internacional, que se refere às chamadas do usuário que está no Brasil para um outro telefone no exterior e vice-versa, entre dois terminais fixos distintos. Para uma mesma região ou tipo de serviço de telefonia fixa pode haver uma operadora ou mais. Para as chamadas de longa distância, cabe ao usuário definir qual operadora deseja utilizar de acordo com sua preferência e ofertas, neste caso, basta que ele aplique o código de seleção da prestadora (CSP) regulamentado pela ANATEL.

A operadora STFC possui direitos, deveres e obrigações como parte de seu contrato de concessão. Dentre os principais estão: o cumprimento dos  parâmetros e indicadores do Plano Geral de Metas de Qualidade, conforme resolução nº 605, de 26/12/ 2012 da ANATEL; o atendimento das metas do Plano Geral de Metas de Universalização do governo; e a oferta de um plano básico de seviços com valores definidos (reajustados anualmente pelo IST), além da garantia de entrega de 100% daquilo que foi contratado.

A portabilidade numérica também é realizada por operadoras STFC, para atender o usuário – principalmente o corporativo – que deseja migrar de uma rede para outra e permanecer com o mesmo número de telefone. Da mesma forma, o provedor do Serviço de Telefonia Fixa Comutado também assegura plena interconexão entre operadoras de redes.

Quanto ao Serviço de Comunicação Multimídia (SCM), trata-se de um serviço fixo de telecomunicações prestado em regime privado para usuários dentro e fora do nosso país. O SCM oferece transmissão, emissão e recepção de informações multimídia, ou seja, dados, voz e imagens por meio de qualquer dispositivo do usuário. Operadoras prestadoras de banda larga fixa necessitam de uma autorização SCM da Anatel, para operar. Só em 2016, a agência concedeu mais de 6,6 mil autorizações. Para se ter uma idéia do crescimento desse mercado, em 2003, a ANATEL registrou apenas 184 concessões. Ainda segundo a agência regulatória, os serviços de banda larga fixa foram os únicos que registraram crescimento no país no último ano. Foram mais de 1,1 milhão de novos contratos, sendo que somente a internet residencial cresceu 4,33%.

Já o provedor de internet ou o ISP, que eventualmente também pode ser chamado de IAP (Internet Access Provider), pode oferecer alguns pacotes de serviços como conteúdos, notícias, e-mail, hospedagem de sites ou blogs, entre outros.

A OTS é uma operadora de telefonia fixa, que faz parte do Grupo Option Telecom e possui concessões tanto para ofertas de Serviço de Telefonia Fixa Comutado (STFC), quanto para Serviço de Comunicação Multimídia (SCM). Nossas soluções têm sido amplamente utilizadas por mais de 500 empresas em todo o território nacional para agilizar as comunicações, monitorar a qualidade dos serviços de voz e dados prestados e, principalmente, reduzir custos em telefonia.

Entre em contato com a Option Telecom e veja como podemos ajudar a sua empresa a garantir qualidade superior na prestação de serviços convergentes de telefonia. . Confira!

(imagem: divulgação)

0 Comments

Add comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*